Contato

Sistemas de controle conjunto de potência ativa (Joint Load Control) e sistemas de controle conjunto de tensão e potência reativa (Joint Voltage Control) foram implementados pela REIVAX em diferentes centrais de geração, tanto em hidroelétricas como em termoelétricas.
A repartição de potência entre máquinas é algo importante em centrais que possuem grande número de unidades geradoras. Normalmente, tal equilíbrio se dá a partir da medição das potências de cada máquina, soma e divisão simples pelo número de máquinas em operação.
No entanto, algumas usinas possuem curvas de rendimento diferentes para cada uma das máquinas, sendo necessário implementar lógicas especiais para o correto despacho de cada máquina, visando otimização da geração.
Um sistema implementado pela REIVAX está citado abaixo:

“Durante o ano de 2013 foi desenvolvido e colocado em operação pela Reivax um sistema de controle conjunto com funcionalidades inovadoras.
Esse sistema, além dos tradicionais controles conjuntos de carga e tensão, prevê uma distribuição da carga, entre as unidades em operação, considerando o rendimento (MW/m3/s) de cada uma das máquinas no ponto de operação global da usina selecionado pelo operador, o que leva a ganhos substanciais de rentabilidade ao agente gerador.
Além disso, o sistema considera um suporte ao controle de frequência da rede, apoiando as malhas primárias dos reguladores de velocidade. Outra importante característica está na inserção no controle das noções de reservas girantes positivas e negativas, limitando o espaço de operação do gerador para permitir que o mesmo possa ajudar o sistema elétrico em momentos de variação brusca de carga.
Do ponto de vista da operação, o sistema toma as ações corretivas com um tempo de resposta muito menor que o tempo de resposta do operador, equacionando o suporte a recuperação do sistema elétrico com a necessidade de trabalhar com as máquinas no seu ponto de melhor rendimento. Esse tipo de atuação pode ser determinante para evitar efeitos em cascata devido às faltas no sistema elétrico, trabalhando rapidamente no reequilíbrio carga-geração.
O trabalho envolveu o levantamento das características de cada máquina, a especificação e modelagem do software do controlador, a fabricação e a colocação em operação do sistema. A interface entre o sistema e os reguladores existentes se dá por comandos sobre as suas referências, de maneira que o sistema pode ser facilmente replicado em outras plantas.
Esse sistema foi implementado em uma importante central hidroelétrica do Peru, que possui quatro máquinas de 70MW e é reguladora de frequência daquele país.”

Produtos Semelhantes

Serviços Relacionados